Nossas redes sociais

Política

Na convenção do PSDB, Aécio é vaiado e sai pelos fundos

Convenção Nacional do PSDB, realizada em Brasília, escolheu Alckimin como novo presidente do partido

Publicado

em

O presidente licenciado do PSDB, senador Aécio Neves (MG), ficou por apenas 5 minutos na convenção do PSDB. Ele chegou discretamente, foi vaiado na entrada, mas logo foi recebido por seus aliados, que o aplaudiram. A rápida aparição fazia parte da estratégia do senador, que cogitou não ir ao evento ao longo da semana com receio de ser vaiado. No fim, ele saiu pela porta dos fundos acompanhado dos deputados mineiros Caio Nárcio e Paulo Abi-Ackel.

Em rápida entrevista a VEJA, o senador falou que o partido, enfim, chegou a um “entendimento”. “Nós temos uma chapa que é de entendimento. O governador Geraldo Alckmin com um vice como o governador Marconi Perillo representam a união do partido”, afirmou ele, referindo-se à composição da nova chapa. Próximo de Aécio, Perillo deve assumir a sigla quando Alckmin se licenciar do cargo para disputar a presidência da República.

O senador também disse “esperar” que Alckmin faça o partido se engajar na aprovação da reforma da previdência. “É uma questão programática do PSDB e eu espero que o governador Alckmin leve o partido por esse caminho. Pior do que aprovar a reforma sem os votos do PSDB é não aprovar porque não tiveram os votos do PSDB”, concluiu o tucano.

Política

Adriano La Torre responde Questionário do O Jornal

Encaminhamos questionário aos vereadores para saber como foi o primeiro ano de mandato

Publicado

em

Adriano La Torre foi eleito em 2016 com 1.053 votos, sendo o décimo quinto vereador mais votado. La Torre tem 47 anos, natural do município de Rio Claro (SP), é filiado ao Partido Progressista (PP).

Confira o questionário encaminhado e respondido pelo vereador Adriano La Torre:

1. Como avalia o primeiro ano de mandato desta Legislatura?

Muito satisfatório, fizemos várias intervenções entre elas destaca-se a apresentação do projeto das carretas da saúde, ao prefeito e ao presidente da Câmara André Godoy que após leva-los a São Paulo para conhecer os trabalhos  culminou na concretização do Espaço Mais Saúde, além do grande aprendizado que adquirimos podendo conhecer mais a fundo o funcionamento da maquina publica, fazendo assim com que possamos ser uma ferramenta de dialogo entre a população e o executivo.

2. Qual o maior desafio encontrado pelo vereador neste período?
O maior desafio com toda certeza, foi a sensação de impotência em relação a muitos problemas apresentados pela população e que na maioria das vezes não conseguimos ter uma solução imediata, como o desemprego, e outros.

3. O vereador se baseia em normas partidárias para votar em plenário ou é autônomo, ou seja, segue suas próprias ideias?

Fui eleito pelo povo e através de um partido, se eu me baseasse apenas nas minhas convicções e não consultasse o partido e ate mesmo meus eleitores, não estaria exercendo o papel de vereador, sou representante do povo e de meu partido, e minhas decisões devem estar em harmonia com ambos para que possamos ter um mandato satisfatório.

4. Quantos projetos de lei o vereador apresentou de autoria própria (apenas os projetos de lei apresentados pelo vereador)?

Durante este primeiro ano foram apresentados 10 projetos, além de outras indicações que o projeto deveria ser de autoria do poder executivo como o projeto das Carretas da Saúde.

5. Quantas Moções o vereador apresentou e quantas foram aprovadas?

Foram apresentadas 5 moções e todas foram aprovadas.

6.Quantos requerimentos o vereador apresentou?

Foram apresentados 93 requerimentos.

7. Quantas viagens aéreas o vereador e seus assessores fizeram neste período? Qual o valor gasto com tais viagens, incluindo despesas, diárias, passagens, etc.?

Essas informações estão disponíveis no Portal da Transparência

 8. Quantas viagens rodoviárias o vereador e seus assessores fizeram neste período? Qual o valor gasto com tais viagens, incluindo despesas, diárias, passagens, etc.?

Essas informações estão disponíveis no Portal da Transparência

 9. O vereador participou de congressos, eventos, feiras, etc., durante este período? Caso positivo, quais eventos e finalidade de participação dos mesmos?

Sim um parlamentar que leva a sério o seu trabalho tem que buscar conhecimentos e com o intuito de trazer recursos para o município estive em vários eventos, congressos e reuniões.

 10. Quantos assessores o vereador possui em seu gabinete? Qual o nome completo e cargo de cada um deles?

Essas informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

 11. O vereador indicou algum comissionado para que trabalhasse na prefeitura municipal de Rio Claro no período? Caso positivo, qual o nome e cargo dos indicados?

Essas informações estão disponíveis no Portal da Transparência.

12. O vereador costuma atender pedidos de cidadãos para apresentar projetos de leis? Caso positivo, como o cidadão pode se comunicar com o vereador para encaminhar seus pedidos de projetos?

Sempre, a maioria dos projetos apresentados conta com o apoio dos cidadãos, sempre consultamos os meios e setores envolvidos antes de dar sequencia a qualquer projeto, isso nos da legitimidade para defender as ideias propostas. Os cidadãos podem entrar em contato diretamente através da estrutura oferecida pelo gabinete na câmara municipal, redes sociais ou ainda pelo telefone.

13. O Vereador conquistou alguma verba para o Município de Rio Claro, ou para alguma entidade do município? Caso positivo, qual o valor da verba e sua finalidade.

Em meu primeiro ano conseguimos uma Emenda Parlamentar através do Deputado Federal Fausto Pinato no valor de R$ 100.000,00 que foi destinada para a Santa Casa de Misericórdia, e mais R$ 200.000,00 destinada através do Deputado Estadual Delegado Olim  que será utilizado para recapeamento asfáltico no bairro Jardim Esmeralda.

14. O senhor pensa em ser candidato a deputado nas eleições de 2018? Caso positivo , qual a sua principal meta caso seja eleito?

Não.

15. Quem o senhor apoiará como candidato a deputado federal e estadual em 2018? Acha importante uma campanha para elegermos representantes locais para ambos os cargos?

Estou buscando mais informações  a respeito de alguns pré candidatos que tenho apreço pelo trabalho e representatividade junto a nossa sociedade mais não tenho nada definido ainda.

16. O senhor tem algum projeto a apresentar nos próximos três anos de mandato que ainda lhe restam? Caso positivo, qual ( quais) e sua finalidade?

Sim com certeza estamos elaborando vários projetos, porém no momento ainda não posso divulgar.

17. O senhor se considera um apoiador do prefeito João Teixeira Junior ou um opositor de seu governo? Dê uma breve explicação em relação a sua relação com o poder executivo.

Sou um apoiador do governo João Teixeira Junior, conheço o caráter e a seriedade do prefeito e tenho um excelente relacionamento com ele.

18. Qual a sua posição em relação a taxa de iluminação? Caso um projeto de lei revogue a taxa, o senhor seria favorável ou contrario a aprovação deste projeto?

Sei o quanto é difícil retirar dos cofres públicos o valor arrecadado hoje com a taxa de iluminação, mais o executivo vem trabalhando forte para resolver esse assunto.

19. Caso o senhor tenha interesse, deixe uma mensagem aos cidadãos de Rio Claro.

Gostaria de desejar a todas as famílias Rio-Clarenses um Feliz 2018 e deixar uma mensagem que gosto muito para que reflitam? “ Não tente adivinhar o que as pessoas pensam a seu respeito.
Faça a sua parte, se doe sem medo. O que importa mesmo é o que você é. Mesmo que outras pessoas não se importem. Atitudes simples podem melhorar sua vida. Não julgue para não ser julgado… Um covarde é incapaz de demonstrar amor. Isso é privilégio dos corajosos.” Mahatma Gandhi

 

Continue a ler

Política

ELEIÇÕES: PSB e PR estarão juntos para o Governo de SP

Sucessão de Geraldo Alckimin começa a ser discutida pelos partidos

Publicado

em

Na coletiva de Imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (15 de janeiro) na sede estadual da legenda em São Paulo, o Partido da República anunciou que caminhará junto com o PSB nas eleições paulistas de 2018. Em nota oficial o PR paulista destacou: “…a decisão reitera o propósito da legenda em favor da preservação dos princípios que passaram a orientar a administração pública no Estado de São Paulo.”.

Além dos presidentes estaduais das duas siglas, José Tadeu Candelária (PR-SP); e Márcio França (PSB-SP), que é vice-governador de São Paulo, o anúncio de aliança foi ratificado pelas bancadas paulistas do PR na Câmara dos Deputados e Assembleia Legislativa de São Paulo, com o prestígio dos deputados federais: Capitão Augusto; Marcio Alvino; Miguel Lombardi; Milton Monti; Paulo Freire; e dos deputados estaduais: André do Prado; Marcos Damásio; e Ricardo Madalena.

O presidente estadual do PR-SP, José Tadeu Candelária, ressaltou que, independente de nomes, o PR caminhará junto com o PSB no pleito eleitoral paulista de 2018. “Entendemos que o vice-governador Márcio França tem experiência para nos ajudar a conduzir esse pleito de 2018 e sermos bem sucedidos nas eleições de deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República.”, justificou Candelária ao concluir: “Vamos andar juntos neste ano no estado de São Paulo.”, afirmou o dirigente maior do PR paulista.

O vice-governador Márcio França avaliou que a somatória dos partidos médios e pequenos no Brasil é maior do que a dos partidos grandes. “O PR e o PSB têm o mesmo número de deputados e, portanto, o mesmo tempo de televisão. A somatória dos dois tempos de televisão vai dar 11 minutos e 2 segundos, sendo maior que o tempo dos grandes partidos: maior que PMDB; maior que PT; e maior que PSDB.”, ressaltou França.

O presidente estadual do PSB paulista, vice-governador Márcio França, falou, ainda, sobre a importância em receber a pioneira parceria da sigla republicana para os pleitos deste ano no estado de São Paulo. “O PR tem como marca de lealdade a palavra dada. Ficamos contentes, portanto, que tenha sido o PR o primeiro partido a anunciar essa caminhada com o PSB aqui em São Paulo. Vou lutar bastante para que tenhamos um grande desempenho, para que o PR faça grandes bancadas de deputado federal e estadual, e também, para que façamos o governo de São Paulo. “Estaremos juntos nessa caminhada.”, afirmou Márcio França.

Continue a ler

Política

Irander Augusto responde Questionário do O Jornal

Encaminhamos questionário aos vereadores para saber como foi o primeiro ano de mandato

Publicado

em

Irander Augusto Lopes, ou simplesmente Irander Augusto, foi eleito em 2016 com 1.072 votos, sendo o décimo quarto vereador mais votado. Irander tem 41 anos, natural do município de Murici (Alagoas), é filiado ao Partido Republicano Brasileiro (PRB) e membro da Igreja Universal do Reino de Deus.

Confira o questionário encaminhado e respondido pelo vereador Irander Augusto:

1. Como avalia o primeiro ano de mandato desta Legislatura?
O ano de 2017, por se tratar do meu primeiro ano no exercício da vereança, avalio que foi de bastante aprendizado, inclusive, fiquei muito satisfeito em poder auxiliar a população de Rio Claro em questões que envolviam melhorias na cidade.

2. Qual o maior desafio encontrado pelo vereador neste período?
As maiores dificuldades dizem respeito a pouca disponibilidade de recursos financeiros para o município, que por conta disso inviabilizou mais investimentos na cidade, mas ainda assim, muitos pedidos deste vereador foram atendidos pela Administração e certamente para o próximo ano mais melhorias serão feitas na cidade em prol da população. Embora o papel do vereador seja o de fiscalizar e legislar e não executar, muitos resultados foram obtidos.

3. O vereador se baseia em normas partidárias para votar em plenário ou é autônomo, ou seja, segue suas próprias ideias?
Minhas decisões são sempre pautadas no que é melhor para a população de Rio Claro, fui eleito pelo povo e voto sempre pensando no que será melhor para a cidade de Rio Claro, não tenho encontrado dificuldade alguma para decidir porque meu partido tem sempre se direcionado para as questões do povo e quando direciona qualquer decisão, é sempre pautado na probidade e na transparência.

4. Quantos projetos de lei o vereador apresentou de autoria própria (apenas os projetos de lei apresentados pelo vereador)?
Apresentei durante o ano de 2017, um projeto aprovado que dispõe sobre a desinfecção das areias utilizadas em espaços recreativos do município, tanto em área pública, como particular, um projeto em andamento que disciplina a oferta de alimentação especial nas escolas municipais para crianças que apresentam intolerância alimentar e hipertensão, um projeto em andamento que disciplina acerca da obrigatoriedade de instalação de redes de proteção em janelas de prédios, garantindo assim, a segurança dos moradores, e outros projetos também foram idealizados, mas por ser a matéria de competência do Prefeito, foram sugeridos via requerimento a sua propositura.

5. Quantas moções o vereador apresentou e quantas foram aprovadas?
No ano de 2017 não foi apresentado nenhuma moção por este vereador, no entanto, no próximo ano há planejamento para apresentação de moção.

6. Quantos requerimentos o vereador apresentou?
No ano de 2017 foi apresentado por este vereador 48 requerimentos

7. Quantas viagens aéreas o vereador e seus assessores fizeram neste período? Qual o valor gasto com tais viagens, incluindo despesas, diárias, passagens etc.?
Nem este vereador, nem meus assessores, fizeram viagem aérea no ano de 2017 com uso de recursos públicos.

8. Quantas viagens rodoviárias o vereador e seus assessores fizeram neste período? Qual o valor gasto com tais viagens, incluindo despesas, diárias, passagens etc.?
Este vereador efetuou no ano de 2017, 3 (três) viagens à cidade de São Paulo em busca de emendas ao município, 1 (uma) viagem à Campinas em busca de emendas parlamentares com o deputado federal Roberto Alves e 1 (uma) viagem à Campos do Jordão para participar do 61 0 Congresso Estadual de Municípios, quanto ao gasto dispendido com as viagens, está disponibilizado no Portal da Transparência da Câmara de Rio Claro.

9. O vereador participou de congressos, eventos, feiras etc., durante este período? Caso positivo, quais eventos e finalidade de participação dos mesmos?
Conforme resposta anterior, este vereador participou 61 0 Congresso Estadual de Municípios, que contribuiu para estreitar laços políticos através do encontro com autoridades e conhecer novos projetos apresentados no Congresso.

10. Quantos assessores o vereador possui em seu gabinete? Qual o nome completo e cargo de cada um deles?
Disponho de 03 assessores no gabinete, 1 Assessor Legislativo Nível I e 2 Assessores Legislativos Nível II, os nomes estão disponibilizados no Portal da Transparência da Câmara de Rio Claro.

11. O vereador indicou algum comissionado para que trabalhasse na Prefeitura Municipal de Rio Claro no período? Caso positivo, qual o nome e cargo dos indicados?
Este vereador não possui nenhum cargo comissionado indicado na Prefeitura Municipal de Rio Claro.

12. O vereador costuma atender pedidos de cidadãos para apresentar projetos de lei? Caso positivo, como o cidadão pode se comunicar com o vereador para encaminhar seus pedidos de projetos?
Meu gabinete se encontra à disposição da população para quaisquer questionamentos e até mesmo para ouvir e receber ideias dos munícipes, disponível o atendimento pessoalmente, ou via contato por e-mail. Os contatos poderão ser feitos através do telefone (19) 3526-1301, irander.auqusto@hotmail.com.

13. O vereador conquistou alguma verba para o município de Rio Claro ou para alguma entidade do município? Caso positivo, qual o valor da verba e sua finalidade.
No ano de 2017, foram obtidas para o município, 500.000,00 (quinhentos mil reais) em emendas parlamentares, R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais) através do deputado estadual Gilmaci Santos e R$ 250.000,00 (duzentos e cinquenta mil reais), através do deputado federal Roberto Alves.

14. O senhor pensa em ser candidato a deputado nas eleições de 2018? Caso positivo, qual a sua principal meta, caso seja eleito.
Não pretendo concorrer nas eleições de 2018.

15. Quem o senhor apoiará como candidatos a deputado federal e estadual em 2018? Acha importante uma campanha para elegermos representantes locais para ambos os cargos?
Penso que seja importante elegermos representantes locais para os cargos de deputados estadual e federal, no entanto, isso não quer dizer que outros representantes eleitos não se atentem em viabilizar recursos e melhorias para a nossa cidade, no meu caso em específico, busco apoio junto aos representantes do Partido Republicano Brasileiro — PRB, em especial, o deputado federa/ Roberto Alves e o deputado estadual Gilmaci Santos, embora não sejam representantes locais, tem colaborado muito com o envio de verbas para a cidade, visto que receberam votos no município. Certamente vou apoiar os representantes do meu partido.

16. O senhor tem algum projeto a apresentar nos próximos três anos de mandato que ainda lhe restam? Caso positivo, qual (ou quais) e sua finalidade?
Um vereador sempre tem projetos, e tenho alguns que pretendo colocar em prática no exercício de minha vereança, no entanto, não pretendo divulgá-los.

17. O senhor se considera um apoiador do prefeito João Teixeira Junior ou um opositor de seu governo? Dê uma breve explicação sobre sua situação com relação ao Poder Executivo.
Quanto à minha situação de “oposição” ou “situação”, analiso cada assunto, sempre pauto minhas decisões no que sempre será melhor para a nossa cidade, apoio sempre o prefeito da cidade nas questões que são de interesse coletivo e trazem melhorias para a cidade.

18. Qual sua posição em relação a Taxa de Iluminação? Caso um projeto de lei revogue a taxa, o senhor seria favorável ou contrário a aprovação deste projeto? Comente.
Toda taxa criada pelo município foi idealizada com o objetivo de implantar melhorias para determinado setor/área da cidade, e com a taxa de iluminação não é diferente, caso venha à Câmara Municipal um projeto de lei que objetive a revogação da taxa de iluminação, é porque o município entende que poderá continuar a garantir melhorias na iluminação pública da cidade sem precisar fazer uso dos recursos oriundos da cobrança da taxa.

19. Caso o senhor tenha interesse, deixe uma mensagem aos cidadãos de Rio Claro.
Quero aproveitar que estamos em um momento de passagem do ano de 2017 para o ano de 2018, para desejar ao povo de Rio Claro um ano de muita paz, amor, saúde e prosperidade, e que possamos realizar um excelente trabalho para a população de Rio Claro no ano que se inicia.

Continue a ler
Advertisement //
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Ajude a defender os corais da Amazônia. Assine a petição
Advertisement

Trending